Morador do Vale do Sol, vizinho à Estação Ecológica de Fechos, Pedro David venceu um dos mais importantes concurso de fotografia do país, o Prêmio Conrado Wessel de Arte, na categoria Ensaio Fotográfico, com o projeto 'Sufocamento'

pedro 3

Em 2002, quando ainda se formava como fotógrafo pela Escola Guignard - UEMG, Pedro começou a viajar pelo Norte de Minas Gerais, observando o constante crescimento as plantações de eucaliptos para fins siderúrgicos na região. “Hoje em dia o cerrado é repleto de eucalipto e a vegetação nativa é devastada, ou sufocada. Outras espécies não conseguem se desenvolver num campo de eucalipto por uma série de fatores”, relata. Ao se deparar com árvores típicas do cerrado, como o piquizeiro e sucupira, em meio às plantações, o artista encontrou a oportunidade de expressar aquilo que sentia em relação a silvicultura no estado. Deste olhar, nasceu em 2012 as dez fotografias que compõem 'Sufocamento', ensaio vencedor da 11º edição do Prêmio.

pedro 3

Esses dez anos de viagem pelo norte do estado rendeu a Pedro David dois livros de fotografia publicados sobre a região: o já premiado 'Paisagens Submersas' (2008) e o mais recente, 'Rota raiz' (2013), que está sendo lançado pela editora Tempo de Imagem.

Em 2011, Pedro disponibilizou três fotografias que hoje compõem a Mostra de Fotografia de Natureza, iniciativa da ONG Primo que reúne imagens de fotógrafos amadores e profissionais em torno da Estação Ecológica de Fechos.

1